Partido

Airbus A 380 em Beja 

 

                                        (Do nosso Correspondente em Beja)

 

O presidente da confederação do turismo de Portugal diz que o problema do aeroporto da Madeira são os valores dos ventos, mas para Timóteo Costa, o piloto mais experiente que aterrou na Madeira, o comandante da aeronave é que tem de decidir se aterra ou descola em função da realidade com que é confrontado no momento, e não em nome de limites obrigatórios, lembrando que o aeroporto da Madeira é o único do mundo com limites obrigatórios fixados por pessoas sentadas em gabinetes.

 E em Beja, como não temos o problema dos ventos, resta-nos a incompetência dos governantes. 

Os inteligentes, quando fizeram o aeroporto de Beja, não construíram um pequeno ramal ferroviário a norte da base aérea, decepando a utilidade do aeroporto. Não se obrigava ninguém a ficar em Beja, mas, com a linha ferroviária electrificada, muitos aviões poderiam ser retirados de voar sobre a capital de madrugada e deixar de incomodar as pessoas, mas os governantes parece que têm prazer em incomodar as pessoas com as suas decisões.

Se o presidente do turismo diz que o aeroporto de Lisboa está completamente entupido e se perde 1 milhão de passageiros por anoé por Beja estar a duas horas que se perdem esses passageiros?!

Mais rápido que fazer a extensão do Montijo é electrificar a linha do comboio  até ao aeroporto de Beja.

 Lisboa não precisa de um novo aeroporto, a região centro do país é que precisa de um aeroporto internacional .

Eu nunca estive no santuário de Fátima, mas se se esventrou a serra do Caldeirão para se construir uma autoestrada, qual seria o problema de esventrar uma serra para se construir uma pista com 5 KM próximo de uma linha comboio  electrificada e fazer lá aterrar o A380?

airbus380


25Jul18                                                                                                                                                                                     Carlos Pais

Partilhar
Está em... Home Partido O Airbus A 380 em Beja