INTERNACIONAL

Comentário relativo à situação na Ucrânia

O acordo em 1989 era que a NATO não se expandisse para além da Alemanha – o partido democrata americano quebrou tudo!

A "União Europeia é a guerra" já alguém dizia isso.

Eu, quando conheci Arnaldo Matos em 31 de Janeiro de 2015 na manifestação "não tap os olhos", no aeroporto, uma das coisas que comentei [a respeito da situação política mundial e na Ucrânia foi] “voltámos a 1914" para lembrar que a I Guerra Mundial começou nos Balcãs [com um acontecimento que parecia não ir desencadear uma guerra mundial].

Se a Bielorrússia, a Sérvia ou Irão forem atingidos, então estamos todos chumbados se bem que com o comediante presidente na Ucrânia [Zelenski] e com o Obama a dar ordens ao Biden, estamos 'quase chumbados'.
No tempo do racista Obama, quem dava as ordens na Ucrânia era o Obama e Biden executava.

O filho do Biden [Hunter Biden, acusado de corrupção em empresas de gás] foi até à Ucrânia para ter um lugar na administração da Burisma (a empresa de gás da Ucrânia).

O Biden [para além de querer exportar o gás americano para a Europa] também quer esconder provas?

Rever também os vídeos da Victoria Nuland no youtube [a propósito do seu papel no golpe de Maiden].

IMPORTANTE: Foram entregues na altura 5 biliões de dólares a organizações [não governamentais que suportaram o golpe de Maiden].

CP (Beja)

pctpmrpp

Partilhar
Está em... Home Internacional O acordo em 1989 era que a NATO não se expandisse para além da Alemanha – o partido democrata americano quebrou tudo!