INTERNACIONAL

A guerra da burguesia mundial na Ucrânia

A contra-revolução burguesa traveste-se, em desespero!

Tudo faz para justificar como revolução a liquidação brutal que promove em todo o lado e a propósito de tudo, numa conflitualidade e mistificação cada vez mais odiosas às populações em luta pela vida e em fuga mundial à fome, à liquidação e à guerra.

À promoção que a burguesia faz da brutalidade soma-se a insidiosa promoção da indiferença.

A falsidade, o abate a tiro ou à bomba, o cerco, a violação e a tortura das populações, a destruição de casas, de hospitais e de escolas, de equipamentos colectivos e bens pessoais, vilas e cidades inteiras arrasadas, são meras banalidades publicitárias a justificar os novos constrangimentos e saques sobre a população trabalhadora, a maior cobertura mediática aos apavonados líderes da contenda, granjear apoios de massas e forçar a indiferença dos oportunistas e timoratos.

Os Costa e Marcelo de Portugal, o Johnson do Reino Unido, Macron de França, Scholz da Alemanha, a der Leyen da Comissão Europeia, passeiam-se displicentes no teatro da criminosa guerra que estão fazendo como procuradores e por procuração na Ucrânia.

Como ratos em naufrágio não há burguesia que não guinche e morda perante o desgraça mundial da sua obsoleta economia de guerra, de saque e de devastação. É por isso que, da milenar sucessão de impérios, o imperialismo de hoje é ostentoso e grotesco termo!

O tigre de papel fere se houver quem lhe dê corpo. Se não houver... é tão só mero tigre de papel!

Aos tigres de papel recusemos dar o nosso corpo!

Defendamo-nos da iniquidade, do saque e da devastação.

As armas são feitas por operários! Recusemo-las a quem nos traem por um salário!
Os soldados são maioritariamente filhos da população proletária ou proletarizada quer sejam ucranianos, russos, portugueses ou polacos! Recusemos abater nossos irmãos de trabalho! Viremos as armas contra quem nos mente, nos mata, nos sonega e oprime!

A guerra na Ucrânia é mais uma guerra contra a satisfação das necessidades e expectativas das populações trabalhadoras em todo o mundo. E isso assusta quem dessas necessidades e expectativas, concretizadas no produto, logra acumular o proveito que, pelo sobre-produto ou mais-valia, aos destinatários sonega.

A guerra na Ucrânia é uma nova e agravada guerra da burguesia mundial em curso a ser percebida, denunciada e combatida por quem o carrasco sustenta com a inadvertida alienação do produto do trabalho efectuado!

22Jun2022

Pedro

pctpmrpp

Partilhar
Está em... Home Internacional A guerra da burguesia mundial na Ucrânia